Fundado em 20 de Setembro de 1941  a Sociedade Beneficiente e Recreativa Colombo Futebol Clube é um dos clubes mais importantes da Região Metropolitana , possuidora de um patrimônio de enorme valor na sede do municipio : uma sede social no centro de Colombo (hoje está locada para uma instituição de tradições italianas) , e um estádio de futebol com iluminação artificial , vestiários , alojamento e arquibancada.

Durante os 75 anos de existência – o clube completa agora setembro – o verde e branco dominou o futebol de colombense até a década de 60 , quando em 1961 um grupo dissidente rompeu com a velha guarda e criaram o Juventus Esporte Esporte Clube , que a partir de então passou a ser o maior rival e arqui-inimigo número um.

12923319_251384111876318_2700980589801012420_n

Na década de setenta  quando começou a disputar a Liga dos Minérios o time chegou apenas uma vez á final , em 1979 contra a Viação Colombo , perdendo o titulo , enquanto seu rival Juventus já havia faturado o tricampeonato .

Com a fundação da Liga de Futebol de Colombo em 1981 pelo então presidente de Juventus , Jerson Ferreira , todos imaginavam que a sorte do alviverde fosse mudar: ledo engano. O clube só foi conquistar seu primeiro titulo em 1990 no primeiro campeonato de pontos corridos realizado pela entidade. Já sob o comando de Jerson Ferreira , talvez o maior dirigente do futebol da Terra da Uva , ou dos maiores.

Campeão da Taça Paraná 2001
Campeão da Taça Paraná 2001

Quando assumiu o clube em 1984 ,após deixar o comando da Liga ,  Jerson Ferreira causou uma verdadeira revolução no futebol , já que todos esperavam que ele retornasse ao Juventus , o clube que ajudou fundar e foi um dos seus mais expressivos presidentes.Mas o dirigente como sempre inovador e polêmico resolveu assumir o rival e partir de então o Colombo começou a ser um clube que mudou a rotina do futebol da cidade .

Com o inédito campeonato da Taça Paraná quando fez a final contra o Mamboré , jogando no Estádio Municipal Lordes Geraldo , que recebeu um público de mais de 4800 pessoas ( recorde até hoje no municipio ) , os colombenses quebraram a hegemonia de Curitiba e Campo Largo na Região Metropolitana , já que os dois municipios sempre tinham representantes na final. Em 2010 o Colombo chegou outra vez á final perdendo o titulo em casa para o São Manoel nas penalidades.

Hoje o clube tem seis titulos da Liga , um a menos do que o Juventus , criou fama de clube vencedor no futebol , já tendo sido vice-campeão Sul Brasileiro em 2002 ,perdendo o titulo para o Juventude -RS , vice-campeão da Copa dos Campeões , perdeu para o Internacional de Campo Largo na final , além de várias conquistas da Copa Folha de Tamandaré e outras nas categorias de base e masters . Na atual temporada o clube venceu de forma brilhante a 8ª Copa Jornal de Colombo , um titulo importante já que a competição ganha credibilidade a cada ano que passa.

12439111_251384201876309_4606847201834036550_n

Desde de 2015 0 clube está sob o comando do Presidente Tarcisio dos Santos , o mais vitorioso atleta que passou pelo clube até agora. Com uma diretoria que tem Xavier Beira , João Marcelo Nunes Monteiro , Jusmar Bolsi , Paulo Coradin e o competente e vencedor Ziquita na coordenação técnica ,e Jerson Ferreira no Conselho Fiscal , o Colombo é apontado por todos os entrevistados como um dos candidatos ao titulo da Série Ouro deste ano. Confira a entrevista:

 

FC-Como vem o Colombo para a Série Ouro?

13507179_296126224068773_3760033850498482514_n (1)

 

Tarcisio: O nosso primeiro objetivo é chegar entre os quatro primeiros , mas o Colombo com a tradição que tem sempre entra para ser campeão, chegando no G-4 vamos lutar pelo titulo sim. Desde que estou aqui sempre que disputei nunca deixei de ficar na ponta de cima da tabela . Nosso grupo é jovem e competitivo , somos acima tudo um grupo de amigos. Nos últimos dois campeonatos á frente do São Gabriel onde fiz parte do comando a filosofia minha filosofia foi essa.

FC- O Colombo vai pagar atletas?

Taça Paraná 2001
Taça Paraná 2001

Tarcisio: Não , vamos pagar apenas ajuda de custo  para deslocamento do jogadores ,já que pretendemos treinar no meio da semana , e também não é justo que ninguém pague para atuar aqui. Nossa programação de treinos é diferenciada; as terças no Parque , ás quintas à  noite no campo.

FC- Quem irá manter o time? Tem patrocinios?

Tarcisio: Temos algumas parcerias , não são patrocinadores que bancam tudo . Temos também a colaboração da diretoria , com cada um ajudando conforme pode , nos churrascos e jantares por exemplo.

FC- E o Projeto de Base que o Colombo mantém?

Tarcisio: Nós estávamos com um pessoal do Norte do Brasil aqui , mas não deu certo por uma série de fatores com os quais não concordamos. Agora estamos apenas com garotos de Colombo e Região Metropolitana , com treinos diários de segunda a sexta-feira das 14h00 às 17h30 sob o comando do Ziquita. Desse projeto pretendemos aproveitar jogadores para a Liga e fazer repasse para clubes profissionais. O Colombo sabe que revelar craques é a saida , com Henrique foi assim ,como clube formador ainda temos mais repasses para pegar agora que ele se transferiu para o Fluminense

FC- Tudo o futebol está sob o comando de quem?

12928154_251384188542977_550097622100382282_n

Tarcisio: Do Ziquita , ele é o coordenador técnico geral .Hoje não possuimos em Colombo um técnico e um conhecedor dessa área com a experiência e o talento do Ziquita. Onde ele passa é campeão e também por sua formação em  revelar novos talentos.

FC- E a torcida do Colombo tem marcado presença?

Tarcisio: Após a conquista de vários titulos na década de 2000 o clube ganhou uma gama grande de torcedores de outros bairros , deixando de ser apenas um clube de simpatizantes italianos. Eles gostavam de ver o Colombo jogar . A partir da metade de 2002 a torcida diminuiu , o pessoal gostava do Colombo por praticar um futebol bonito, era o que o time proporcionava. Ninguém vai a campo para ver brigas e futebol sem qualidade. Vamos tentar resgatar essa torcida , e nós dirigentes de futebol temos que fazer o possivel para tal.

FC- Por que não trazer jogadores de fora?

12924422_251463225201740_1878367063993472858_n (1)

Tarcisio: Porque não é compromissado com o nosso projeto , queremos criar um elo entre torcedor e atleta, isso não ocorre com jogador de fora, ele joga pega a grana e se manda.Nosso plano é ser um time familia. Temos voltar a fazer renascer o time caseiro que tenha sua base no clube . Juventus e Roça Grande não participam mais por não serem adeptos da velha prática de trazer “estrangeiros” para o time

FC-  E a estrutura do clube ajuda?

Tarciso: Ajuda e muito , o pessoal gosta do Colombo , da organização . Hoje a gente é bem organizado , os atletas tem horários para tudo e recebem toda a atenção do clube.Aqui há respeito pelo atleta , nós temos que ser um clube no minimo com estrutura de semi-profissonal , sempre oferecendo o melhor para o jogador , com material de treino e jogo , uma fruta , um lanche , condução e muito respeito.  Isso quem me ensinou foi o Ziquita e o Coronel Januz

FC- A camisa do alviverde ainda pesa?.

12439478_251383735209689_2951426471162829922_n

Tarcisio: Provamos isso na Copa Jornal quando chegamos na final com apenas  nove jogadores e levantamos o caneco . Pela nossa estrutura e tradição acho que eles estão certos. Isso fez a diferença na Copa Jornal.

12938366_251384421876287_1016461870091070866_n

FC-  A Copa Jornal foi um bom teste?

Festa de Premiação da Copa Jornal de Colombo Foto Yasmin e Jordy dos Santos
Festa de Premiação da Copa Jornal de Colombo
Foto Yasmin e Jordy dos Santos

Tarcisio: Foi sim , fizemos um boa preparação e o pessoal saiu motivado

FC- Além do Colombo quem são favoritos ao titulo?

Tarcisio: XV por ser o atual campeão , Ana Terra , São Gabriel , e as surpresas podem ser o Independente , Imperial e talvez algum outro clube que a gente não sabe e durante a competição  resolva aprontar. 12920245_251383978542998_8576303371267846917_n

FC- Como está a atual gestão da Liga?

Tarcisio: O Carlinhos faz um bom trabalho , mas o que nós dirigentes temos de fazer é um um ajudar o outro , porque sempre a união ajuda na melhoria da administração .

FC – E o calendário para o segundo semestre?

13643778_551276151742566_524938189_n-681x454

Tarcisio: Pois é , temos o Cinquentinhas disputando a APE , o 35 anos estreia no Intermunicipal na  Copa dos Campeões , e temos que buscar esse titulo que escapou em em 2015 na semifinal. E agora com o juvenil e o adulto na Ouro.O time de quarentnhas foi tocado pelo Zezão este ano , mas em 2017 serei eu o comandante.

12936581_251382718543124_3051741287295420352_n (1)

FC- Sobre o apoio da prefeitura ao futebol e ao esporte ?

Tarcisio: Temos o apoio da Beti Pavin e do Paulinho , um desportista nato que fez sempre um bom trabalho na área e também por conhecer do ramo por ter sido ex-jogador do Coritiba, ele retornou ao Departamento e isso é uma garantia de luta e apoio por dias melhores. O campeonato só existe porque a a prefeita e o Paulinho dão o suporte necessário com a prefeitura pagando grande parte das despesas da Liga e dos clubes como arbitragem por exemplo. Se não fosse isso a Liga tinha uns 4 ou 5 clubes .

FC – Como foi tua participação no São Gabriel?

Tarcisio: O projeto era bom , chegamos a dois vices campeonatos do adulto e do quarentinhas , o clube está em primeiro no ranking da Liga graças a esse projeto.

FC- Como está a organização dos clubes?

Tarcisio: Eu acho que o clube mais organizado é o Imperial , um clube presidido pelo jovem João Valério , 27 anos , um cara que comanda bem o clube em tudo. Assim como o Vasselai do Independente

FC- Como está a situação da sede social?

Tarcisio: Está locada , mas a partir de agora vamos ter que rever tudo isso. Assumi oficialmente a presidência após o seu João Nunes ter pedido licença por motivos médicos. Agora temos que rever tudo o que estava pendente.

FC – E  desclassificação do sub-17 da Taça Capital?

Tarcisio: Foi muito sentida porque não foi culpa nossa , e a organização sequer levou em conta a quebra da condução , foi lamentável para nós e os garotos, mas serviu de lição

FC- Você começou tua carreira quando e onde?

Tarcisio: Sou de Colombo , moro no Alto Maracanã. Como atleta joguei na base do Coritiba , Paraná , fiquei um tempo no Apucarana , dai com 18 anos  casei e desisti do sonho de ser jogador para me dedicar a familia.

No amador eu comecei no Colombo onde joguei no juvenil , Jogos Abertos , Júnior e adulto em 98, 99,2000 e 2001 , joguei aqui e conquistei a Taça Paraná e muitos titulos. Como atleta tenho seis titulos. Como treinador dirigi o Bandeirantes , o Ana Terra onde conquistei a Copa Folha de Tamandaré , no São Gabriel com dois vices , 2014/2015 e quarentinhas .

FC- Como dirigente?

Tarcisio: Comecei com o Jerson , eu fazia muita coisa já , e tinha um função importante dentro do Colombo.

FC – E o teu trabalho no esporte da Prefeitura?

Tarcisio:  Gosto de fazer , é da  minha área , ainda mais agora como Paulinho que foi o cara que me trouxe para cá , ele e o  Ziquita que é um dos meus mestres junto com o Coronel Janus. Eu e o Rossano gostamos de trabalhar com a formação de jogadores , como fazemos agora nas escolinhas onde temos garotos dos mais diversos bairros de Colombo . Acho que a prefeita tem dado uma atenção especial para nosso trabalho e isso me satisfaz.

FC- E a familia?

Tarciso: É tudo para mim . Sou casado com a Priscila Freitas dos Santos , tenho três filhos: Lucas , 19 , Matheus 14 e a caçula Larissa com 4 anos

 

 

 

 

 

LEAVE A REPLY