Muitos podem achar que a causa do campeonato da Série Ouro da Liga de Colombo ainda não ter começado é culpa dos dirigentes dos clubes ou da própria direção da entidade. Isso é um ledo engano , o grande entrave vem sendo o atraso da CBF em realizar os registros  dos atletas e a devida divulgação no BID , que ainda passam pelo crivo da FPF , e nesta desorganização generalizada quem sai prejudicados são os clubes amadores das ligas e de Curitiba que sofrem com a falta de organização da entidade que deveria ser o exemplo para o futebol mundial e no entanto é um  puxadinho do Congresso  Nacional onde prevalecem os interesses politicos e eleitoreiros e não a defesa dos interesses dos clubes do profissional de amadores , que sempre sofrem pois vive de sob o comando de dirigentes abnegados e que lutam para levar as suas comunidades um pouco de lazer e trabalho social , coisa que seria de responsabilidade deles: CBF E GOVERNANTES.

Quando presidi a Liga entre 1989 e 1991 , liderei um manifesto que propunha a ruptura com a FPF e CBF , e o futebol amador seria gerido por uma entidade própria , tipo a APE ,a partir daquele momento fui boicotado pelo então presidente da FPF , Onaireves Moura , e nunca mais recebi uma bola da entidade . Chegou a hora de todos os envolvidos com o futebol amador do Estado tomarem uma posição , ou o caminho será feito á revelia da CBF e FPF , como fizeram a maioria das Ligas do Paraná.

Elias Glaucio

LEAVE A REPLY