Sérgio Wolkmann , 48 , se define como técnico motivador , daqueles que não só acertam suas equipes com estratégias e táticas , mas que não deixam o lado psicológico e emocional dos seus comandados de lado . Foi assim que em 2014 , o treinador conquistou o titulo mais importante do futebol amador do Paraná ao quebrar um jejum de 13 anos sem o municipio de Colombo chegar ao titulo máximo da competição – O Colombo venceu em 2001 – . Na final contra o Fanático a equipe de Sérjão como é mais conhecido perdeu a partida de ida em Campo Largo por 3  a 1 , na partida de volta o treinador fez a diferença e com o apoio de uma massa de torcedores que lutaram o estádio da Ressaca derrotou o tricolor da Terra da Louça por 2 a 0 no tempo normal , e na decisão por pênaltis venceu por 5 a 4. Com o titulo Sérgio entrou para um seleto grupo de técnicos que conquistaram o titulo da competição. Em Colombo somente Ziquita tem esse privilégio.

Atualmente o técnico está parado , mas já está pronto para voltar a ativa , as propostas não faltam , mas Sérgio que já passou por equipes de Colombo e de Curitiba não quer se precipitar e esperar uma clube que lhe ofereça condições de trabalho para desenvolver um projeto a longo prazo junto com seu filho que é professor de educação fisica.

12187716_905210782848180_104519865832926325_n

Confira o bate-papo:

FC- Mora há muito tempo em Colombo?

Sérgio:Moro em Colombo a 30 anos

971698_223415837810193_669781198_n

FC- Casado ? Pai de quantos filhos?

Sérgio: Estou a 15 anos no meu terceiro casamento , tenho 2 filhos do primeiro casamento , um já é advogado e outro é profissional em educação física, do segundo casamento tenho uma filha.

FC- Como você começou no futebol?

Sérgio: Comecei em  Blumenau , Santa Catarina , jogando no juvenil , vim pra Curitiba , Joguei aqui em alguns clubes na suburbana e em Colombo, tive problemas sério no joelho e parei cedo

FC- Jogava em qual posição? Estilo de jogo?

Sérgio: Sempre como goleiro, não tinha muita habilidade então sobrava o gol pra mim

FC-Títulos e clubes como jogador?

12279194_916496098386315_4459933924081533751_n

Sérgio: Como jogador ganhei o juvenil catarinense ,  em Curitiba e Colombo como jogador não ganhei título

FC-Começou como treinador quando?

Sérgio: Como treinador na verdade cai de paraquedas, assumi o Colombense como presidente , montei o time e não tinha treinador, ai fui eu mesmo, em 2001 ficamos em 5º lugar.

FC- Títulos e clubes ?

Sérgio: Colombense 2003 e 2007 , subi com o  Bairro Alto para 1ª divisão , fiz parte da comissão técnica no título do Bairro Alto, campeão na Copa Colombo, e campeão da Taça Paraná em 2014 no Bandeirantes.

FC- Quais são tuas referências?

9909069a2950b713115f53d14c53edd2_xl

Sérgio: Tive sempre como exemplo um treinador que se chamava Osmarzão , ele treinou vários clubes de Colombo e suburbana , e também fiz um curso de 20 horas com o Levir Culpi que achei bem interessante

10346311_780449425323342_2002547972481748932_n

FC- A Taça Paraná foi a maior conquista?Fale um pouco dela

Sérgio:  A Taça Paraná foi o maior título sim, pela importância e também pela maneira que foi, assumi o time no meio de uma crise entre patrocinador e clube, no meu primeiro jogo perdemos em casa para o Vila Hauer por 3 a 1 ,  ali vários pessoas abandonaram e queriam por o time júnior pra terminar o campeonato , minha sorte foi que no segundo jogo com o Vila Hauer tinha um feriado no meio e eu consegui conversar com cada jogador um a um , vários ex- profissionais , e falei que mesmo se eles não recebessem  , deveriamos terminar  o campeonato com dignidade, pois tínhamos um nome pra zelar,eu e todos eles ,  todos os jogadores se sensibilizaram e falaram pra mim, recebendo ou não vamos até a final, daí fomos para o jogo contra o  Vila Hauer e metemos 4×0 neles. Seguimos para a final, na partida de ida também perdemos de 3×1 para o Fanático ,  eles já antecipavam a conquista do titulo e gritavam “é campeão”. No jogo da volta  aqui no são Gabriel , metemos 2×0 neles , fomos para os pênaltis e a estrela do Jonas nosso goleiro brilhou e fomos campeão. Um titulo inesquecivel .

14518585_1291597864208493_319526843_n

FC- Pretende voltar logo

3bd05b2cfd206fd86d4bb1c1fb3653b7-1

Sérgio: tive alguns problemas de saúde com meu filho, mas agora graças a Deus está tudo certo , pretendo voltar sim , amo futebol fiz muitos amigos , e vou voltar

FC-  Como você está  vendo o futebol de Colombo e o amador em geral de Curitiba e RMC?

Sérgio:  O futebol de Colombo pra quem acompanha a mais de 20 anos como eu mudou bastante, agora , por mais que reclamem ainda  tá bom, tinham que ver antigamente como era, acho que o Ratinho organizou bem a Liga e fez um bom trabalho. Em Curitiba ainda predomina quem tem mais influencia na Federação tem alguns privilégios, me lembro que na Taça Paraná o Fanático tinha 5 jogadores suspensos e se eu não tivesse alertado o Maurício ,  presidente do Bandeirantes ,  teriam conseguido fazer com que eles jogassem mesmo assim conseguiram reverter dois dos cinco

FC- Tem convites de clubes ou teve?

Sérgio: Logo após da Taça Paraná tive sim , Trieste, Combate e aqui em Colombo também, tem um clube da suburbana que surgiu um interesse mas nada certo ainda

FC- Qual tua profissão?

Sérgio: Trabalho com metalurgia e gráfica

Sérgio é casado com dona Cinthia Cibele da Silva , torce para o Flamengo ,é uma pessoa voltada para a familia e tem muitos amigos dentro e fora do futebol. Sidão da Brasmencol é um dos seis grandes parceiros , a quem sempre cita com dos grandes incentivadores do futebol

 

 

 

 

 

LEAVE A REPLY