As reuniões de planejamento dos Jogos Oficiais do Estado, nesta ocasião em especial debatendo os Jogos da Juventude do Paraná (JOJUPs), Jogos Universitários (JUPs), Jogos Abertos (JAPs) e Jogos Paradesportivos (Parajaps), acontecem nesta semana, iniciadas na segunda-feira (13), na sede da secretaria de Estado do Esporte e do Turismo – SEET. O intuído é estabelecer os regulamentos gerais e técnicos de cada disputa.
Reuniram-se o presidente do Instituto Paranaense de Ciências do Esporte (IPCE), Diego Gurgacz, o coordenador de esporte da SEET, José Alberto de Campos, o chefe da Supervisão de Esporte e Rendimento, Émerson Venturini, o coordenador do paradesporto no estado, Mário Sérgio Fontes, além dos coordenadores técnicos de cada competição.

deputado licenciado Douglas Fabrício, secretário do esporte e turismo, comentou sobre a tradição desses eventos: “Os Jogos Abertos acontecem há 60 anos, os Universitário são disputados há 57 e os da Juventude há 30. São instituições consolidadas do esporte do Paraná, que servem de vitrine para a revelação de atletas e também para premiar a carreira daqueles que defendem a nossa bandeira em torneios nacionais e internacionais”.

Apesar de não ser disputado há tanto tempo quanto os demais, o Parajaps, o caçula da turma, já se afirma como uma das principais disputas do gênero no país. “Nosso estado é muito forte no paradesporto, com diversos atletas disputando e conquistando medalhas na última Paralimpíada, e o Parajaps é, neste contexto, fundamental na criação de uma mentalidade esportiva de alto rendimento voltada ao atleta com deficiência”, disse Mário Sérgio.

Para José Alberto de Campos, o Betão, o planejamento e os profissionais envolvidos são fundamentais para tantos anos de sucesso dos jogos: “A secretaria desenvolve esses trabalhos com uma equipe técnica preparada e experiente, o que nos dá a certeza de que entregaremos eventos que reafirmarão ainda mais o Paraná como um dos principais polos esportivos do país”.
Além dos jogos mencionados, a SEET ainda organiza os Jogos Escolares, que tem no Paraná a maior competição do gênero na América Latina, com mais de 90 mil participantes em todas as suas etapas – regional, macrorregional e finais -, e o apoio aos Jogos Regionais: Jogos Abertos do Vale do Ivaí (Javis), Jogos da Reforma Agrária e os Jogos Abertos do Território da Cantuquiriguaçu.

LEAVE A REPLY